Publicados novos textos da Série de Estudos Econômicos do CAEN

2 de agosto de 2018

A Série de Estudos Econômicos do CAEN publica textos produzidos pelos docentes do Programa de Pós-Graduação em Economia (CAEN/UFC) sobre temas da atualidade cujo propósito é motivar a leitura e incentivar a participação da comunidade acadêmica através de contribuições acerca de determinado objeto de estudo.

De abril a julho foram publicados os títulos abaixo os quais estão disponíveis à leitura.

Nº 24Personal Traits, Empowerment and Violence Dynamics within the Family: A Theoretical Analysis – Autores: Maurício Benegas, José Raimundo Carvalho e Márcio Veras Corrêa;
Abstract:
Divorce has increased significantly in recent years. Evidence in the USA suggests a 400% growth in the percentage of divorced individuals compared to married ones between 1960 and 2015. The emotional behavior of partners, which oftentimes ends up in reciprocal verbal aggression and physical violence has emerged as one of the main explanations for the growing divorce rate. The goal of this work is to theoretically explain the relation between emotional behavior, empowerment and domestic violence. For such purpose, we build a general equilibrium model where family violence is the result of both social behavior and personal traits. We demonstrate that a psychosocial follow-up policy of aggressors leads to a family violence reduction in its intensive margin, also resulting in an increase in remarriage rates. At the same time, a female empowerment policy leads to a decrease in the extensive violence margin and an increase in divorce rates.

Nº 25 “Previsão da Demanda por Moeda no Brasil: Machine Learning vs Modelos Autorregressivos” – Autores: Maurício Benegas e Bernardo Melo Volker;
Resumo:
Este trabalho propõe o uso de modelos de machine learning para prever a demanda por moeda no Brasil. Os resultados são comparados com os métodos econométricos atualmente utilizados para este fim. Considerando o equilíbrio no mercado monetário, foram utilizados os agregados M1 e M4 como medidas da demanda por moeda. Os modelos de machine learning utilizados foram as redes neurais autorregressivas cujos resultados foram comparados aos obtidos de um modelo autorregressivo de defasagens distribuídas. Para M1, encontrou-se considerável melhora na previsão da variável com os modelos de redes neurais, entretanto, o mesmo não ocorreu na previsão de M4, em que os modelos de rede neurais constantemente subestimam os valores reais.

Nº 26 “Crime e Punição na Firma: A Iteração entre Trabalhador Infrator, Empregador e Poder Judiciário” – Autores: Maurício Benegas e José Freire Júnior
Resumo:
Este trabalho propõe um modelo estratégico para analisar crimes cometidos nas empresas por seus empregados. O modelo considera um jogo dinâmico com dois estados da natureza. Os equilíbrios de Nash para os dois estados prescrevem que no primeiro estado da natureza tem-se a participação da firma e do trabalhador e, no segundo estado da natureza, participam a firma, o trabalhador e o governo, representado na figura do ministério público e do poder judiciário. Os resultados indicam que com uma justiça célere, auditorias eficientes e punições aplicadas cumulativamente, além de um custo moral elevado para o infrator, poderá haver reduções consideráveis nos incentivos para a prática de crimes de fraudes por trabalhadores dentro das empresas privadas.

Nº 27 “Chaos in world banking sector?” – Autores: Paulo Rogério Faustino Matos, Maurício Benegas e José Henrique Calenzo Costa
Abstract:
We help asset pricing researchers that are trying linear data analysis and they are not satisfied with their results. We deal with a lack of study on dynamics of sectorial indices. We find that main worldwide banking sector indices exhibit nonlinear and nonchaotic characteristics; a sign of efficient sector. We claim that one should rely on nonlinear pricing kernel-based relations to take into account for portfolios or stocks of banking companies.

Acesse os demais títulos desta Série em: http://www.caen.ufc.br/pesquisa/serie-estudos-economicos/