Violência doméstica em destaque

7 de Março de 2018

“Mulheres vítimas de violência doméstica amparadas pela Justiça e longe da convivência com os agressores ainda têm dificuldades de reconstruir a vida. As agressões físicas e psicológicas vividas por elas, em alguns casos durante anos, deixam rastros que não são apagados pela aplicação da lei contra os agressores.” É o que noticia, hoje (07/07/2018),  os telejornais do Ceará a respeito da violência doméstica vivenciada por mulheres.

Em pesquisa coordenada pelo Prof. José Raimundo Carvalho (CAEN/UFC), em parceria com o Instituto Maria da Penha (IMP) é revelado o fato de que “três entre cada 10 mulheres nordestinas já sofreram algum episódio de violência doméstica ao longo da vida” e que “no entanto, apesar do amparo da lei, ainda é difícil para elas retomarem a vida normal.

Assista no link ao vídeo com a 1ª reportagem exibida hoje, que faz parte de uma série com duas outras que serão exibidas até o dia 08 de março.

Fonte: Telejornal Bom Dia Ceará do dia 07 de março de 2018 – http://g1.globo.com/ceara/